sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Sonhos


Nesta viagem da vida, em que o destino tem trilhos cruzados,
Navegamos por lugares mágicos
Enquanto a noite cai, em tardes frias, em noites nubladas.
Encontramos paraísos perdidos, em recantos corriqueiros
Pedaços de memória tatuados
Em caminhos palmilhados, velhas histórias, velhos mosteiros.!
Suavemente ouço o silencio…
O crepúsculo acompanha-me.
Apenas pergunto: Que força é esta que me leva sem destino
Escrevendo rabiscos, utilizando as letras, preenchendo velhos pergaminhos?
A resposta é simples…trá-la a brisa do ar…
As guerras são para ser vencidas, as vidas vividas
E os sonhos para libertar…

Sem comentários:

Enviar um comentário

widgets.amung.us

Seguidores

Quanto já leram por aqui