segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Anjo


Se o teu anjo voasse, ampliando a fantasia
No sopro leve das asas do vento
Completando o pensamento
Nas palavras da poesia.
Soprando de mansinho
O aroma a terra molhada
A maresia das ondas
No Outono a desfolhada.
O anjo voa livremente
Trespassa nuvens e tempestades
Deixa livre o pensamento
No sonho guarda as saudades.
Ser de ti tudo…
O que o desejo possa alcançar
A lágrima…o botão de rosa
O sonho por realizar.
E se o teu anjo voasse
E em ti fosse encontrar
Nos teus braços porto de abrigo
E um peito para a cabeça encostar.
Nesta fantasia aconchegante
Em que o dia passa livremente
Por ti sonho…escrevo
Aquilo que o coração sente.
Chamar de nomes a um sentir
Que ninguém consegue explicar
É o mesmo que usufruir
Dum saudável bem-estar.

4 comentários:

  1. E que melhor maneira eu teria de começar uma semana se não esta de ler tão belo poema. Bjo

    ResponderEliminar
  2. Bonito poema...
    Acredito que todos nós temos um Anjo que nos acompanha, apesar de, na maior parte das vezes, não dar-mos conta dele...
    Parabéns...

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  3. Se o teu anjo voasse,viria até o Brasil e me traria toda esta ternura que tens ao escrever e faria de mim, com certeza, alguém mais feliz.
    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Os anjos agradecem esta poesia.
    Acredita que podes voar...

    Bjs

    ResponderEliminar

widgets.amung.us

Seguidores

Quanto já leram por aqui