quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Mar e Ar...o que eu respiro


A água envolve-te os braços, beija-te o sol brilhante, são vontades limitadas apenas por um instante.
O mar que te envolve, é sal que te tempera, é magia que enlouquece, um desejo que impera.
Utopias ou talvez não, que envolvem a fotografia, partilhas em contra mão de uma luz que erradia.
A brancura do sal aconchega a magia predileta, tempera as ilusões, as rimas do poeta. Selvagem, ou talvez não, o sonho que enlouquece, magia ou ilusão, a vontade prevalece.

1 comentário:

  1. Muito certo maninha! E ele aqui tão perto! Mas a verdade é uma, a que vivemos e a felicidade são os sonhos que perseguimos. Eu estou sempre à procura dos problemas! E sabes porquê? Porque quem procura felicidade, dificilmente a encontra!

    ResponderEliminar

widgets.amung.us

Seguidores

Quanto já leram por aqui