quarta-feira, 11 de julho de 2012

Ilusão


Neste lugar magico, onde te encontro e me perco,
Junto o ser e o sentir, em balanças de dividir.
Querer-te tão perto…
Sentir-te tão longe…
Uns metros são barreira, são tormento são fronteira.
Esgueiro a utopia e magia eu descubro,
No perfeito inverso do verbo odiar…
O ter-te sempre presente dá-me asas para voar…



Sem comentários:

Enviar um comentário

widgets.amung.us

Seguidores

Quanto já leram por aqui