segunda-feira, 5 de março de 2012

SEM RESPOSTAS

O que diz o teu silencio…
Responde-me na brisa do mar,
No sopro do vento, no aroma das rosas.
Silencia-me no sussurro dos segredos,
Na magia do encanto, num raio que abre os Céus,
Ou no som de um trovão.
O que me diz o teu silencio…
No aroma de um licor, numa estrela que passa,
Tendo como fundo a Lua no brilho dos meus Olhos
Que a lágrima desvanece.
Um silêncio na névoa tardia de uma madrugada de Primavera.
O que me diz o teu Silencio…
Num grão de areia que se escapa por entre meus dedos.
Sinto a dor no silencio…sinais enviados pelo Universo.
Silencio-me em silencio, fechando os Olhos apenas.





10 comentários:

  1. As vezes quando não encontramos respostas... o Silêncio por mais que doa... é a melhor opção!

    Belo poema porém um tanto triste!

    Um abraço carinhoso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Taty o Silencio é sempre o meu amigo perfeito. Bjs amiga

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Rui, muito bom encontrar-te por aqui tambem, obrigado. Bjs meus

      Eliminar
  3. Lindo poema, emocionante, intrigante. Tem muitos blogueiros que não gostam de trilha sonora, mas como tenho um filho músico, eu amei a trilha sonora também. Parabéns Maria!
    Bjos. Bom domingo.

    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luciana, a musica tal como a poesia é magia. Bjs meus.

      Eliminar
  4. Nossa, o teu poema é de um lirismo imenso! Muito lindo!
    Todo o seu blog passa essa espécie de sentimento idílico... coisa de poeta mesmo. Parabéns

    Abraço!

    ResponderEliminar
  5. Ah, Maria, Quanta lindeza aqui. Tanto as palavras, quanto a imagem e o som... Me traz uma paz imensa.
    Estou seguindo ok?
    Beijos
    saahandradee.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Sabrina, obrigada pelo carinho, vou ver o seu cantinho sim....beijinho

    ResponderEliminar

widgets.amung.us

Seguidores

Quanto já leram por aqui