segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Estranha forma de ser



No silêncio perdi-me…
Na multidão encontrei-me,
Descobri que afinal existo.
No meio do vazio encontrei companhia,
Nas palavras a magia.
No silêncio perdi-me…
Os meus pensamentos voavam,
Na multidão descobri
O vazio em que até aqui,
Eu sempre me escondi.
No silêncio perdi-me…
Feliz cheguei a ser,
Mas ao me tentar definir
Não me consegui descobrir,
Quero me voltar a perder.

Sem comentários:

Enviar um comentário

widgets.amung.us

Seguidores

Quanto já leram por aqui