quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Cartas


 
As cartas que eu te escrevo
Com linhas mal elaboradas
São desabafos da alma…loucuras
De lembranças bem guardadas.
São anseios existentes…devaneios
Que ganharam asas para voar
São saudades reprimidas
Que por ti ouso divulgar.
São páginas repassadas
Folhas em branco preenchidas
São saudades verdadeiras
Sempre…sempre muito contidas.
Hoje escrevo para ti os desejos
Que com copos esqueço
No silêncio da multidão
Num mundo que não mereço.
Por isso te peço, não tenhas medo…
Fecha os teus olhos, simples, docemente
Saboreia o não vivido
Com suspiros, arfando, ao sol poente.
O que haverá depois…não sei…
Num final de tarde, ou noite dentro
Em teus braços deixo-me ir em abandono
Envolver-me em ti ao sabor do vento.
Meu amigo! Amor, amante!
Aquele, que em meus versos tantas vezes descrevera
Nesta noite és estrela cintilante
Neste Inverno, uma bela Primavera.
Sonha-me…intemporal
Deseja-me sem pudores
Nas asas dum vendaval
Aconchego dos grandes amores.


4 comentários:

  1. No silêncio da noite apreciei com deleite as "cartas" do sentimento que se reflectem nas palavras.
    Um belo desabafar de uma alma que que denota e sente amor.
    Parabéns

    ResponderEliminar
  2. "As cartas que eu te escrevo
    com linhas mal elaboradas
    São desabafos da alma...loucuras
    De lembranças bem guardadas."

    É este sentir que tive aqui oportunidade de também sentir, também é desta forma que o sinto e vivo em mim, todas as cartas, as palavras que (lhe)escrevo...

    Gostei deste espaço.

    ResponderEliminar
  3. Passando pra deixar um beijo e dizer que o blog ta bombando.
    Direto do artesanando a vida.

    ResponderEliminar
  4. Lembrarás tu que as manhãs
    Acordam da tua luz fugidia
    És esperança de perdida estrela
    Quem recolhe a dor em Deus confia

    Assombração que o luar esqueceu
    Nas margens de um lago azul
    Hoje passou a voar por mim
    A última garça a caminho do sul

    Era alva como a espuma do mar
    Graciosa como mulher feliz
    Voava de encontro ao vento
    Com olhar brilhante de petiz


    Boa semana


    Mágico beijo

    ResponderEliminar

widgets.amung.us

Seguidores

Quanto já leram por aqui