quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Nuvens


Há dias em que o sol não nasce, porque a nevoa impede o seu brilho.
A Alma ofusca a vontade e a tristeza prevalece, num temporal de teimosias e mágoas insistentes.
 Quero paz… procuro em labirintos transversais o encanto, que a tal transmite.
 Ó engano meu!
 Ó ideia desfocada dum óbvio sem precedentes!
Tento enganar-me, tento mudar um rumo que não é certo, tento seguir e esgueirar-me em bardos de roseiras bravas, fugir dos espinhos dolorosos, tentando apenas apanhar a bela pétala perdida de uma beleza sem comparação.
Ai que idílica…! Ai que teimosa… !
Sei lá…..
Sei apenas que o sol não nasce, as nuvens prevalecem e os sentimentos anoitecem.

3 comentários:

  1. há dias que são noites intermináveis...

    ResponderEliminar
  2. Há dias e noites em que os pensamentos voam ;)

    ResponderEliminar
  3. Parabéns!!
    Adorei o seu blog. Gostei de tudo o que vi e li. Voltarei com mais tempo para ver tudo melhor!!

    Um beijinho

    ResponderEliminar

widgets.amung.us

Seguidores

Quanto já leram por aqui