sábado, 15 de maio de 2010

Não sei,,,


A minha voz diz:
Grita perdidamente
Já não sei quem sou
Não sou parecida com gente
-Talvez seja.....
Um sonho que passou,
Uma insónia doente,
Ou, alguém que muito amou
Sou dor perdida
No labirinto da vida
Sou coração doente
Que tenta seguir em frente.
Gosto da preta noite
Tão imensa e triste
Vejo-me abandonada
Para mim nada existe
Sinto que não valho
O chão que me suporta
Mas...encho-me de orgulho
Pois valerei depois de morta
Aí,terei tudo.....
Flores...Lagrimas....Saudades....
Parto, mas sei que fico
Deixo as minhas realidades.

4 comentários:

  1. Maria...

    Na vida tudo renasce e se renova... até o amor!!! Quero "ver-te" sorrir!!!

    Beijosss
    AL

    ResponderEliminar
  2. Maria,
    Há momentos na vida em que temos de partir..., mesmo sabendo que ficamos...
    Como diz o Al, tudo renasce e se renova, mesmo o amor e, quando assim acontece é uma alegria, é como nascer de novo.

    Bjo da Luz

    ResponderEliminar
  3. Quando precisamos partir...e o coração quer ficar... Dói a alma!
    Estimo que a renovação seja companheira e a vontade de ficar volte a estar em ti!

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Maria,
    a solidariedade de quem leu, releu e se viu ao espelho do teu pensamento.

    Beijo

    ResponderEliminar

widgets.amung.us

Seguidores

Quanto já leram por aqui