quarta-feira, 13 de maio de 2009

CONFIDÊNCIAS


Sobre a luz das estrelas

E o som do vento

O canto da tua voz embala-me

Desloco o pensamento

E numa caminhada longa

O aroma silvestre povoa o meu peito

Rejubila todo o meu pensamento

E lá longe a dor afasta-se

A angustia esbate-se

E a calma toma conta de mim

A ti... asa do meu sonho

Nota do meu toque.

Sobre a luz das estrelas

A musica passa

E eu tão Quieta

1 comentário:

  1. Olá

    A saudade dói, mas é reconfortada pelas recordações dos momentos "únicos"...vividos!

    Amei o poema!
    Parabéns!

    Bjs.

    ResponderEliminar

widgets.amung.us

Seguidores

Quanto já leram por aqui