domingo, 25 de janeiro de 2009

Miragem

Nesta água pura e transparente
Vejo refletida uma imagem
Que corre com a corrente
E se vai tornando numa miragem.
Rosto singelo, olhos que dizem tanto
Mãos que tocam na alma
Um toque na pele, uma melodia calma.
E como a água vai correndo
A vida passa por nós
Ficam páginas ou miragens
Ou o som de uma voz.
E com o abrir dos olhos
Tudo se desvanece
A água segue sua corrente
A imagem não aparece……
 

1 comentário:

widgets.amung.us

Seguidores

Quanto já leram por aqui