quarta-feira, 18 de junho de 2014

Sonhos


Despida de preconceitos na limpidez dos sonhos, procuras a magia no espelho da realidade. Tristemente encurralada na limitação, que não te permite exprimir, adormeces. Voltas ao sonho profundo, onde a magia acontece e rasgas horizontes. Perdes-te algures numa montanha perfeita. Descobres a nascente de água límpida e transparente, procuras felicidade nos traços de um rosto já cansado, mas belo. O vento balança teus cabelos, entoa um som melodioso, rasga fronteiras com o aroma a jasmim. A garça que passa, transmite liberdade, inspira-te e és feliz. Sonha-te selvagem….  
 

1 comentário:

  1. Belo e bastante profundo. Sonhar é um dos nossos direitos que ainda não foi confiscado.

    Beijos e muita paz para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderEliminar

widgets.amung.us

Seguidores

Quanto já leram por aqui