segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Palavras

São as palavras como cristais

Cheias de memoria
Por entre ondas navegam.

São tecidas de luz

Com enredos de noite escura.

São orvalho, são incêndio,

Secretas talvez.

São lembranças de ternura

Inocentes, pálidas,

Cruéis sem pensar,

São desculpas,

São um novo acordar.

São frescura desamparada

São vendidas, inventadas

Ofendem, pedem desculpa

São tudo, são nada.

São caricias, melancolias,

São pedras para catedrais

As palavras que te mostram

O caminho por onde vais.


 

2 comentários:

  1. Chegar aqui e ver tamanha beleza
    Numa pagina que fermenta alegria…
    É sonhar acordado e voar na leveza
    De poetizar tudo… porque tudo é poesia

    Uma semana de paz e alegria…

    O eterno abraço…

    -MANZAS-

    ResponderEliminar
  2. Palavras são como cristais... Grande verdade, belo tema, linda poesia. Bom ler uma poesia clama e inspirada.
    Beijo.

    ResponderEliminar

widgets.amung.us

Seguidores

Quanto já leram por aqui